N2cvL

Forum N2cvL => Encontros e Actividades => Tópico iniciado por: Spiky em 06-04-2008, 16:47

Título: PG abril 2008 nos Açores - Bicavalaria Azórica
Enviado por: Spiky em 06-04-2008, 16:47
Olá companheiros de montada desse lado. :o

Informo sobre o PG de Abril da Bicavalaria Azórica.

PG de Abril - Dia 20 - Bicavalaria Azórica


Mais tarde daremos mais informações.
Título: Re: PG abril 2008 nos Açores - Bicavalaria Azórica
Enviado por: Bicavalista GT em 21-04-2008, 21:46
E as fotos desse belo passeio calculo.
Título: Re: PG abril 2008 nos Açores - Bicavalaria Azórica
Enviado por: Spiky em 22-04-2008, 00:34
E as fotos desse belo passeio calculo.
Cá está uma pequena reportagem.

Este foi o passeio de todas as surpresas, nada saiu como previsto. Pelas 09.30 não havia ninguém no ponto de encontro pré-estabelecido. Estimava-se a presença de 7 viaturas com cerca de 14 pessoas, mas na ultima hora houve muitas desistências.

Pelas 09.45 encontravam-se no ponto de encontro, Daniel Melo e Natacha Melo com o 2 CV – Priolo e o Dyane , pouco depois o Daniel Tavares compareceu com o seu Mercedes para dizer que estava atrasado, mas que iria tentar por o seu Dyanissima a funcionar, todavia as coisas não lhe correram bem e voltou mais tarde a dizer que depois iria encontrar-se conosco pela hora de almoço, o que veio a acontecer. Entretanto compareceu o Jose Augusto com o seu 2 CV – Spiky, mas sem a cara metade que estava em obrigações profissionais . O Eduardo Rouxinol, não pode também comparecer por problemas de saúde com a sua filha, esperemos todos que volte rapidamente a normalidade.

Pelas 10.30 horas, partimos então com uma volta pelas mais freqüentadas vias da Cidade, seguindo depois em direção a freguesia da Relva , onde efetuados a primeira paragem no Miradouro onde se efectua a vigia das baleias. Assistimos em directo a comunicação entre o Observador e as embarcações no mar sobre as localizações de cardumes de baleias e golfinhos. Apesar de haver boa visibilidade, apenas conseguiram identificar um cardume de golfinhos, para onde assistimos a todas as embarcações a dirigirem-se para o local identificdo. A temperatura estava a subir para os 20ºc e partimos na direção do Pico do Carvão, mal chegamos a Covoada, fomos surpreendidos por uma paragem inesperada, pois estava de partida uma Coroação do Divino Espírito Santo, é tradição local respeitar estas passagens e ter de parar, mesmo que não seja crente, para os mais materialistas a falta de respeito por um evento destes, pode resultar em maus tratos por parte dos locais, mas não era esse o nosso espírito e por isso paramos e assistimos a passagem da coroação, como documentam as fotos anexas.

Para nosso espanto, a entrada para as Lagoas Empadas estava com o portão aberto,não perdemos tempo em aceder, dado que segundo o calendário as mesmas só estariam disponíveis no mês de Maio, pois foi espetacular dado que o tempo estava bom e conseguimos desfrutar da imensa beleza destas lagoas, que são uma miniatura das lagoas das Sete Cidades, tivemos ainda acesso ao Miradouro da Serra Devassa, donde pudemos observar ambas as costas da Ilha tanto do Norte como do Sul a uma temperatura amena que dava vontade de ali ficar por mais tempo, infelizmente assim não poderia acontecer, porque tínhamos programa a cumprir e avançamos para a Lagoa do Canário, mas ao contrario do previsto o acesso estava encerrado.

Voltando de imediato para o Muro das Nove Janelas, que se trata do primeiro aqueduto que se construiu na Ilha de S.Miguel, para trazer água potável desde as nascentes de água daquela lagoa para a Cidade de Ponta Delgada. Percorremos alguns Kilometros daqui até ao Pereiro com inclinações de mais de 10º o que obrigou a algum esforço e cautela das nossas maquinas, mas felizmente tudo correu bem, apesar de ocorrer algum atraso na nossa programação. Mas ainda assim pelas 12.30, já nos encontrávamos nas Capelas para visitar a Oficina Museu do Professor Melo, o que foi uma surpresa muito agradável, pois fui la encontrar maquinas clássicas de diversos Oficios que julgava terem sido consumidas pela sucata. É de realçar que esta Oficina foi abraçada pelo professor Melo como um projecto pessoal sem comparticipaçao Oficial do Governo ou por projectos oficiais da Comunidade Européia, uma iniciativa pessoal de interesse publico e extrema importância, por isso não achei caro a pagamento da entrada de 2 Euros por pessoa.

Já nos encontrávamos atrasados para o Almoço nos Fenais da Luz onde o Eduardinho, o mais ferrenho sportinguista açoriano tinha já a refeição pronta a nossa espera. A Maioria dos participantes desconhecia as instalações deste restaurante que tem por motivo principal o mar, onde comemos tendo a sensação de encontrávamos a bordo de um submarino, observando diversas espécies marinas ali mesmo ao nosso lado, de realçar ainda a presença no almoço da acompanhante do Daniel Tavares, a Ilda Furacão que foi estréia nesta andanças e que revelou uma extrema simpatia e animismo por este gênero de atividade de lazer.

Após o almoço, houve mais surpresas, nada do projectado foi concebido devido ao recinto “ Acelera “ estar encerrado ao publico, por isso ficou resolvido mais uma mudança no itinerário, fomos então até as Caldeiras da Ribeira Grande onde estivemos a conviver no restaurante caldeiras, completamente remodelado, onde soube bem umas cervejolas acompanhadas de uns amendoins “açorianos com casca”, perante uma paisagem de sonho amena e com temperatura muito agradável. Mas o passeio ainda não tinha terminado, voltamos a estrada para ir até a Ribeirinha onde fomos ter a Ponta do Citrão, sem aviso, para visitar o farol com o mesmo nome, mas infelizmente o faroleiro la não se encontrava, fomos recebidos pelos cães , que não nos deixava nem aproximar do portão. Mas nem por isso ficamos molestados e dirigimo-nos para o Miradouro da Vigia das Baleias ali mesmo ao lado, donde pudemos desfrutar de uma paisagem inigualável em toda a ilha com rochas escarpadas com quase 100 m de altura. Daqui regressamos a costa sul a Praia das Milícias donde tiramos a foto de grupo para ficar para o Historial da Bicavalaria Azórica.

No dia 11 de Maio Haverá mais, mas com mais veículos classicos populares e que esperamos ser da mesma for tão agradável como este foi, apesar das diversas surpresas, que não foram de todo desagradaveis .

texto:
Daniel Melo

[anexo apagado pelo Administrador]
Título: Re: PG abril 2008 nos Açores - Bicavalaria Azórica
Enviado por: Spiky em 22-04-2008, 00:39
2.ª parte (fotos)

[anexo apagado pelo Administrador]
Título: Re: PG abril 2008 nos Açores - Bicavalaria Azórica
Enviado por: Miguel Figueiredo em 23-04-2008, 21:43
Olá Zé Augusto!

Foi com um enorme prazer que vi a reportagem da Bicavalaria Azórica. Fico contente por saber que este belo exemplar faz parte das lindas paisagens açorianas.
Pelas fotos é impossível negar o belíssimo contraste que ambos fazem (paisagem e 2cv).
Também foi bom ter a oportunidade de ver que te encontras bem, apesar do pouco contacto que temos tido vou sabendo noticias pelo Rui, de vez enquando lá colocamos a conversa em dia. :D

Um beijinho grande em meu nome pessoal e em representação do Team Faísca. ;)
João
Título: Re: PG abril 2008 nos Açores - Bicavalaria Azórica
Enviado por: Spiky em 24-04-2008, 16:33
Olá Zé Augusto!

Foi com um enorme prazer que vi a reportagem da Bicavalaria Azórica. Fico contente por saber que este belo exemplar faz parte das lindas paisagens açorianas.
Pelas fotos é impossível negar o belíssimo contraste que ambos fazem (paisagem e 2cv).
Também foi bom ter a oportunidade de ver que te encontras bem, apesar do pouco contacto que temos tido vou sabendo noticias pelo Rui, de vez enquando lá colocamos a conversa em dia. :D

Um beijinho grande em meu nome pessoal e em representação do Team Faísca. ;)
João

Olá João.
É sempre bom "ouvir" palavras lindas como as que me enviaste.

A saudade é enorme. E é quando estamos mais longe que damos valor a quem mais nos quer bem.

Quando estiver no continente e nessa bela região nortenha tentarei vê-los.

Um beijão enorme para ti e para o Eduzinho e aquele forte abraço ao Miguel